Maluca Beleza

Maluca Beleza


Ultimas...

Postagens Em DestaquesLeia Mais

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Devolvendo o brilho das suas bijuterias

Olá pessoal. Tudo bem?

Eu tenho várias bijus. E vivo perdendo elas constantemente. Talvez por isso eu nem almeje tanto jóias verdadeiras. Afinal, com esse meu cuidado, ia ter um treco perdendo algo de valor.
Mas por mais que eu tenha cuidado com as que eu ainda não perdi, por mais que evite que molhem e tal, elas sempre acabam escurecendo com o tempo, ficando opacas.

E é neste momento que eu recorro a duas receitinhas incríveis que aprendi com minha, eternamente lembrada, avó materna. Ela tinha dois modos de limpar as bijuterias. Vou explicar os dois modos e dizer qual prefiro.
Lembrando que não dou garantias para aquelas em nível extremos de maus tratos rsrsrsrsrs

Então se você, assim como eu, ainda não está divando o suficiente para só ter jóias verdadeiras venha dar uma olhada nessas super dicas. Vamos lá?

Primeira maneira: pasta de dente + flanelinha.
Isso mesmo!!! Coloque um pouco de pasta de dente  na flanela e esfregue na biju em questão. Você notará que aquela sujeirinha e aspecto escurecido somem e dão lugar ao antigo brilho.
Depois lave as peças para tirar a pasta né e seque muuuuuito bem.

Prós: é rápida, pode ser feita de ultima hora pra ir em uma festa, ou até mesmo na rua (já que a maioria das mulheres carregam pasta de dente e paninho na bolsa). No caso da rua, você dá aquela limpeza básica e deixa para lavar a peça chegando em casa.

Contra: Não é muito eficiente para bijus com muitos detalhes, ou delicadas, pois além da limpeza ficar mais complicada, ainda corre o risco de você danificar a biju na hora de friccioná-la com a flanela.


Segunda maneira: sapólio liquido + água + peneira
Essa é um pouquinho mais demorada. Você vai pegar uma panela, colocar uma boa quantidade de água e de sapólio líquido. Mexa e depois coloque as bijus. Já vi pessoas que fazem com pedaços de sabão de coco no lugar do sapólio, mas eu não gostei muito do resultado, achei que foi pouco eficaz com o sabão de coco no lugar do sapólio.

Leve a panela ao fogo baixo e deixe em fervura por uns minutinhos. Você vai ter q tomar dois cuidados: Ficar longe da panela, pois o cheiro da evaporação do sapólio não é nada legal para seus pulmões e, ao mesmo tempo, não esquecer a panela no fogo.

Se a sua peneira não for de aço espere a agua da panela esfriar um pouco, senão você vai derreter sua peneira e colocar a culpa em mim. Deixe a  peneira um tempinho debaixo da torneira (aberta rs) para lavar as peças. Apó isso, seque-as muuuuito bem.

Prós: limpa melhor peças com detalhes ou bem pequenas, pois a agua com sapólio vai entrar em todas as partes das suas bijus. e não vai ter o trabalho de ficar esfregando peça por peça.

Contras: mais demorado, você pode se queimar e sua mãe pode reclamar que você vai intoxicar toda a família com o cheiro do sapólio evaporando rsrsrsrsrs.

Bem, como não é mais novidade para ninguém, eu não tenho fotos do processo. Mas hoje o motivo não foi a preguiça e sim o fato de eu estar toda desarrumada, igual uma marmota, descabelada e com maquiagem borrada rsrsrsrsrs. 

 ATENÇÂO: Eu só fiz esses procedimentos com bijuterias prateadas Não uso nada dourado, então não sei se dá certo com bijus dessa cor.
No dia que vi minha vó fazendo também só tinha bijus prateadas e nem me liguei de perguntar se podia fazer com as douradas também.


Bem, espero que tenham gostado das dicas.
Bjs
Leia Mais

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Banho de brilho com anilina vermelha

Olá pessoal, depois de séculos só pensando em fazer o post sobre o banho de brilho, deixei a preguiça de lado.

Para começar eu não tenho muitas fotos, pois já faço uma lambança imensa no banheiro e fico com medo de levar a câmera pra lá e acabar deixando ela vermelha também rsrsrsrsrs, fora que eu fico muito tosca durante o processo e quero poupá-los dessas cenas rsrsrsrsrsrs.

Bom para começar venho dizer (para as iniciantes) que anilina não clareia cabelo, sendo assim eu passo o intensificador da Oz Color 0.66 na raiz e uns dois dias depois (tenho receio de fazer tudo numa única aplicação) eu faço o banho de brilho no restante do cabelo.

Vou listar o que uso na minha aplicação:

- touca de alumínio (tenho medo de usar a térmica e queimar tudo rsrsrs)
- anilina de madeira na cor "encarnado vivo". PELOAMORDEDEUS não comprem a comestível, pois ela mofa os fios.
- creme de tratamento branco. A cor branca é ideal para que você tenha uma idéia da cor que vai ficar e a consistência do creme é muito importante. Cremes pouco consistentes são ruins porque ficam escorrendo do cabelo, o que pode resultar em manchas. Eu comecei usando um da Kanechow, mas agora estou usando o da Novex com óleo de Argan e a consistência dele é muito melhor.
- Pote de plástico para fazer a mistura e se possível uma colher de plástico também.
- Álcool para dissolver a anilina.
- Pincel para aplicar o creme.
- Luvas, pois a anilina mancha mesmo.
- Roupa velha. Separe uma só para isso.
- Prendedores (daqueles de salão) para dividir o cabelo.
-Separe também uma toalha de banho só pra quando você for fazer o banho de brilho, pois na primeira lavagem sempre mancha bastante.


Creme de tratamento


prendedor de cabelo


luvas


pincel


touca de alumínio


anilina


DICA IMPORTANTE: Mantenha suas unhas com algum esmalte e retirem qualquer anel e/ou aliança, pois caso tenham o azar que tive uma vez de a luva rasgar, não ficarão com as unhas rosas e nem com a marca da aliança por dias na pele kkkkkkkk

Modo de preparo:

Eu separo uma colher de anilina e dissolvo em meia tampinha de álcool e mexo até dissolver tudo. Depois eu coloco a quantidade de creme que sei que dará para passar no cabelo todo e mexo novamente até ficar uma cor uniforme. Aplico nos cabelos secos com o pincel. Tem meninas que dizem que aplicam com o cabelo molhado, mas eu prefiro aplicar neles secos, como a maioria.

Bem, eu aplicava com o pincel né...mas eu estava fazendo lambança demais aplicando desse jeito. Sou canhotinha, totalmente desajeitada, então eu aplico de uma forma que faço menos bagunça e consigo uma uniformidade melhor na parte de trás da cabeça. Como eu faço ultimamente???

Não riam, mas eu aplico com as mãos. Prendo as luvas com elástico no pulso (que é bem fino) para que não corra o risco de elas saírem durante o processo. Separo o cabelos em várias partes e vou soltando uma a uma e aplicando o creme com as mãos. Não fica manchado e a bagunça que eu fazia no banheiro diminuiu em 80%

Ao final do processo eu coloco a touca e marco 40 minutos.
Durante a espera eu aproveito para, de luvas, limpar a lambança do banheiro e já ir tirando com álcool alguma possível mancha de anilina que tenha ficado na minha pele. Sempre cai um pouquinho no corpo.

Depois do tempo estipulado eu enxáguo até a cor da água clarear um pouco. Aplico um shampoo próprio para cabelos tingidos e depois aplico creme de hidratação como se fosse condicionador (nesse post explico o porquê de não usar mais condicionador).

Tem gente que diz pra lavar no tanque porque suja o banheiro e blábláblá. Porém até hoje eu consegui limpar a sujeirada que fiz e o box se "autolimpou" com a água quente do chuveiro.


Enxágue com água fria. Parece bobeira, mas faz uma diferença danada. Pronto, meu banho de brilho está finalizado.
Abaixo fotos com o cabelo molhado e seco.


Cabelo molhado, foto sem flash


Cabelo molhado. Foto com flash. Sim, meu banheiro é rosa. Brega né rs


Cabelo seco. Foto sem flash




Cabelo seco, no sol. Outra raridade é tirar foto no sol, então lá vai minha foto fazendo careta mesmo rsrsrsr

Espero que tenham gostado.

Bjs e qualquer dúvida é só deixar nos comentários que eu respondo.
Leia Mais

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Testei e aprovei: Creme de tratamento NOVEX

Olá pessoal, hoje o post vai ser sobre um produto que testei, por engano rsrsrs, e super amei: o creme de tratamento com óleo de argan da Novex.

Bem, meu cabelo sempre foi um dilema, pois é misto e conseguir entrar num consenso entre a hidratação da raiz e das pontas é complicado. Além do mais ele é volumoso e ondulado. Só que não gosto dele ondulado, por isso corto em formato de "V" e desfio bastante que assim perde volume e crio uns "quase cachos" que AAAMO.

Mas voltando ao assunto inicial do post...eu sempre fiquei na luta pelo condicionador perfeito, só que nada dava certo e meu cabelo só ficava bom na hora que tinha que lavar de novo rsrsrsrsr.
Foi então que comecei a usar cremes de tratamento para fazer hidratação e banho de brilho com anilina e gostei muito do resultado. Ai comecei a fazer um teste: usar o creme de tratamento no lugar do condicionador.
Eu usava um pouquinho só e revesava no quesito "aplicar na raiz" para que ela não ficasse oleosa.
Nessa época usava o creme da linha Kanechow Argan, que é baratinho e muito eficaz.


 Mas aí mês passado eu fui no mercado comprar mais um pote desses, que tinha acabado antes que eu fosse fazer a compra do mês, e acabei comprando o creme errado. É que algum infeliz botou o pote da Novex na ala dos da Kanechom e, na pressa, só li a palavra Argan e peguei o pote. Só percebi que tinha me enganado já no caixa quando a moça me falou o preço rsrsrsrs. Enquanto a Kanechom custa em média uns 7 reais o potão da Novex saiu por 18 kkkkkkkkk.

Fiquei p da vida comigo mesma, mas pensei: vamos torcer para que seja bom para meus cabelinhos.
E não é que o danado do creme foi excelente!!!
Passei ele no mesmo esquema que o outro: no lugar do condicionador. Meu cabelo ficou super hidratado, com volume controlado sem que eu perdesse meus quase cachos.
A consistência dele é ótima e não vejo a hora de usá-lo no meu banho de brilho.
Está valendo a pena cada centavo gastos nele.
Só tenho uma foto do resultado dele, pois morro de preguiça de ficar tirando foto dos meus processos capilares.



meu quase cachos super hidratados

Bom por hoje é só pessoal rsrsrsrs
Espero que tenham gostado
Leia Mais

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Como cheguei ao vermelho dos meus sonhos

Nunca fui tão parada na rua pra dizer qual tintura uso para ter essa tonalidade de vermelho, como estou sendo desde que comecei a usar a tintura da Oz Color.
Mas como todas as donas de madeixas vermelhas sabem, essa cor é difícil de "pegar" e temos que ter uma certa paciência até chegar na cor dos nossos sonhos. Sendo assim decidi contar toda minha saga para alcançar o vermelho que tendo hoje.
Bom, para começar meu cabelo era virgem, pois fazia séculos que tinha feito luzes e já não havia vestígio de química no meu cabelo. Decidi então pintar no salão com medo de fazer besteira em casa. O profissional passou até um produto para abrir um pouco o tom do meu cabelo, mas, mesmo assim, foi difícil da tinta pegar pelo fato de ser um fio sem química e ser castanho escuro.
Ah, já ia me esquecendo, usei a Koleston e, se não me engano, foi o tom cereja. Mas de qualquer forma gostei do resultado....por uma semana kkkk, pois logo já queria um vermelho mais vivo, daqueles que ficam vermelhos até na sombra.
blog maluca beleza
Acho que usei essa tinta

blog maluca beleza
Primeira vez que pintei o cabelo de vermelho

Para alcançar isso fiz uma mega burrada no segundo mês, pois fui no salão e pedi para descolorir. Continuei com a mesma  marca e tom, mas meu cabelo ficou uma bosta. Meeega seco e desbotando na velocidade da luz. Não tinha hidratação que desse jeito. Foi um mês de sufoco e uma prima do meu marido me aconselhou a desistir dessa história de ficar descolorindo. Não tenho foto dessa fase.
No terceiro mês decidi usar a Garnier Nutrisse 666. Amei essa marca. Meus cabelos ficaram muito hidratados e demorando para desbotar.
monike baylao maluca beleza

Permaneci com essa marca e tom por uns bons meses, porém a partir do quarto mês passei a pintar em casa mesmo, pois a vida de universitária estava sugando meu dinheiro, mesmo o meu marido bancando a tinta, tava dureza bancar o salão. Obs: antes que digam? porque ele não bancava o salão também??? Porque ele é meu marido e não meu cartão de crédito. Não achava justo ele bancar tudo.

Mas voltando ao assunto, usei a Nutrisse 666 por um bom tempo, até que lançaram a Nutrisse Coloríssimos 6660. Não pensei duas vezes e me joguei neste novo tom. 

Na pressa só achei essa foto com a tintura 6660 da Nutrisse Colorissimos. Acho que não está dificil me achar aí né :)

Mais uma vez amei o resultado. O vermelho estava mais forte, mais evidente, porém ainda não estava no tom dos meus sonhos: o do vermelho até na sombra. Mas segui com ele até terminar a faculdade, arranjar um emprego e.... ABRIR uma loja de produtos de salão na minha cidade.
Todas que abriam sempre fechava, mas está está lá, firme e forte até hoje e é lá que encontrei a tintura da Oz Color. O vendedor entendeu direitinho o que eu queria e me indicou o intensificador Oz Color .66 com Ox de 30.

cabelos vermelhos monike baylao blogspot maluca beleza

monike baylao maluca beleza
 No primeiro uso abriu mais o tom, mas eu sabia que ia demorar um pouco para o pigmento fixar nos fios né. Só que aí fiz minha segunda burrada: achando que podia manter o tom conquistado com outra tinta baratinha, comprei a Cor e Ton 766 na ilusão de que fosse ficar com o tom da caixa.
Quase tive um troço: meu cabelo ficou mais escuro de quando eu usava a 666 da Nutrisse e só ficava vermelho no sol forte. Fiz até um post sobre essa minha burrada aqui. E o pior: fiz isso duas vezes kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.


Para arrumar o estrago, voltei com a Oz color, mas usei Ox de 40 por duas aplicações.
Pronto, depois de tanta luta alcancei o vermelho que tanto sonhava e agora mantenho ele aplicando a Oz Color com Ox 30 na raiz e banho de brilho com anilina vermelha no comprimento.

O tom do meu cabelo hoje em dia vocês conferem aqui e em mais fotos abaixo:




Bom espero que tenham gostado e qualquer dúvida é só me falarem que respondo todas.
Bjs
Leia Mais

domingo, 22 de setembro de 2013

Alargadores


Olá. Hoje vim falar um pouquinho sobre uma coisa que adooooro: alargadores.
Coloquei o meu primeiro na metade de 2012. Fui em um studio aqui de minha cidade, o Big Fox Tattoo Studio , o mesmo onde fiz minhas três tatuagens. Escolhi fazer no studio porque gosto de segurança e também porque não queria fazer aquele processo lento de ir alargando aos poucos.

Fui do furo normal de brinco para um de 6mm. Vou ser bem sincera com vocês: doeu PRA CARAMBA. Pra completar o meu marido estava do meu lado ajudando a me segurar (para que eu não me mexesse e atrapalhasse em algo) e rindo muuuito da minha cara.
A dor que eu não senti fazendo as tatuagens eu senti colocando esse alargador, mas valeu MUITO a pena. Terminei o processo com a maquiagem toda borrada de tanto que ria, xingava, e tapava a cara pra ngm ver minhas caretas, mas AMEI o resultado.

Dizem que alargar a orelha vicia, mas no meu caso eu estava super tranquila e satisfeita com os meus 6mm e não pensava em aumentá-los até que, neste ano, o Raphael, dono do studio que citei acima (tá aqui o link dele novamente), resolveu fazer uma mega liquidação de alargadores e, dentre as inúmeras peças disponíveis, estava um que era meu sonho de consumo já há algum tempo: o de caveiras *___*, mas tinha um problema....só tinha de 8mm.
Só que eu não podia perder aquela oportunidade e pensei: ah, 2mm a mais não vai fazer tanta diferença, vou comprar assim mesmo. E foi por este motivo que aumentei o tamanho dos meus alargadores.

Abaixo mostro a foto de todos que tenho. Dois são de 6mm (um preto e um prata), os outros 5 são de 8mm. Pretendo comprar vários modelos diferentes agora. Só não compro um toda hora que saio porque me controlo muito e também porque é complicado achar modelos diferentes em minha cidade. 
blog maluca beleza
Não sei se dá para perceber, mas os dois da parte superior esquerda são os de 6mm

Ah, só um aviso para os que tem ou querem ter alargadores:
Em primeiro lugar eu sempre acho melhor ir em um profissional do que tentar fazer em casa e acabar dando errado.
Em segundo, caso você já tenha um, por amor a higiene e ao nariz alheio: lave suas orelhas. Tire o alargador todo dia e higienize tanto o furo quanto o seu alargador, ou então você vai ficar fedendo "queijo" por aí rsrsrsrs.

Bem, por hoje é só. Espero que tenham gostado.



alargador 8mm caveira blog monike maluca beleza

alargador 8mm strass blog maluca beleza

Alargador 8mm xadrez blog Monike maluca beleza

Leia Mais

domingo, 21 de julho de 2013

Testei e aprovei: tintura Oz color

Hoje venho falar sobre uma tintura que, simplesmente, amei. Eu usei, por muito tempo, a Nutrisse coloríssimos 6.660, mas queria um vermelho ainda mais vivo, foi então que decidi ir numa loja de produtos de salão que abriu em minha cidade procurar o intensificador da Amend e, como não tinha, o vendedor me recomendou o intensificador da Oz Color 0.66.
Testei e super aprovei esta marca.  Além de render muuuuuito (meu cabelo é um pouco abaixo do ombro e super volumoso) ela tem uma cobertura excelente dos fios brancos (sim, eu ja tenho), demora pra desbotar e não mancha a pele (a tinta sai fácil da pele com a água quente do banho)
Ela custa em torno de 16 reais. Usei uma vez com Ox de 40 e agora to usando com Ox de 30.
A seguir algumas fotos:
Cabelo molhado sem flash

De noite com flash
Dentro de casa, sem flash

De dia, no sol fazendo cara de maluca




Leia Mais

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Não é só por 20 centavos


Olá pessoal. Hoje o post será um desabafo da minha felicidade diante desses manifestos.


Desde pequena que sonho com o dia em que o povo brasileiro fosse acordar novamente e ir as ruas lutar pelos seus direitos. Sonhava com o dia em que uma nova geração "cara pintada" surgisse e me fizesse ter orgulho deste país.

Finalmente este dia chegou. O que começou em SP tomou o Brasil todo e não,  não é por 20 centavos. Esta luta é por todos os nossos direitos roubados. É por toda esta impunidade. É pela aprovação de leis absurdas. É por políticos corruptos no poder.

Essa luta é por nós, pelo nosso presente, pelo nosso futuro e de nossos filhos. É a luta do rico, do pobre, de quem já não suportava essa situação que vivemos há tanto tempo.

E não será bala de borracha, gás lacrimogênio  spray de pimenta e policia que irá nos parar. O Brasil acordou. Nós acordamos. E agora, meu filho, ninguém nos segura.
Então vamos ver o dia de manifesto de suas cidades. Vamos sair do computador, parar com esse comodismo e ir a luta.

Vamos parar de ver essa mídia manipuladora (como exemplo da Globo) que coloca o povo como vândalo.
Vamos pessoal. Vamos lutar.

Bem, este foi meu desabafo. Estou muito feliz e muito orgulhosa com essa união em prol dos nossos direitos.

BJS

Leia Mais

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Gente que implora atenção

Hoje é o dia dos namorados, mas este post não vai ser sobre isso, afinal já terão inúmeros outros blogs comentando sobre a maquiagem, roupa, presente, perfume, musica... para festejar o dia de hoje.
Como sou casada e muito feliz em meu relacionamento, decidi falar sobre as pessoas que não são felizes, que são extremamente carentes, inseguras e blablabla, mas que, para suprir isso, usam e abusam da boa vontade dos amiguinhos de plantão.


Bora então ler mais uma revolta? Porque né, rir é maravilhoso.

Então, creio que todos aqui conheçam alguém neste perfil e, espero eu, que tenham a sorte de não terem amigos com este nível de carência. Para que você tenha certeza da sua resposta direi as características básicas, exemplificando cada uma delas.

1) Sonha em ser popular: pessoas chatas da qual estou me referindo nesse post são do tipo que fazem de tudo para serem populares, pois acham que dessa forma serão menos infelizes. A melhor maneira de tentar buscar essa popularidade é sendo "amiguinha" de todos. Isso mesmo, a pessoa quer ser simpática, amiga, prestativa, com todo mundo que ela acha que possa ser útil em sua busca incessante de que todos a admirem.

2) Implora por atenção: tem todas as páginas sociais possíveis e marca os coitados dos amiguinhos em quase todas as postagens. Dessa forma eles não terão como dizer que a postagem passou despercebia e, por educação, vão acabar curtindo. Os mais bonzinhos irão até comentar.

3) Expõe tudo no face: olha se tem coisa que eu acho uma tremenda deselegância é a pessoa brigar com o amigo, namorado, marido e postar no face sobre isso. Lógico que postamos frases de raiva, tristeza e etc. Eu mesma faço isso sempre, mas com relação à pessoas que não são meus amigos.
Acho que quando você é realmente amigo de alguém, quando você está com alguém, certas coisas não podem ser expostas, pois depois vocês voltam as boas e como fica toda essa exposição da intimidade da relação de vocês?

gente que implora atenção4) E agora vem a pior característica pra mim: "sou tão feia". Isso mesmo. A "bonita", que às vezes é bonita mesmo, tira inúmeras fotos nos seus momentos de crise existencial e posta no face com a legenda de que está feia, é horrível e tal. Tudo isso com o intuito de receber elogios.
É nessa hora que os amiguinhos de plantão aparecem para alegrar a "bonita". Comentam, cheios de falsidade, o quanto ela é linda. Mas isso não basta, pois ela responde: não sou linda nada, sou um monstro. E fica nessa de "você é linda", "mentira eu sou feia"," você é linda", "que nada eu sou feia"...
Olha, na boa, se amiga minha faz isso, pode ser a gostosa da cidade, eu vou comentar: filha, você é feia sim tá, então para de ficar assustando geral com suas fotos.
Porque né, ninguém merece gente carente implorando por atenção.

5) Ah e geralmente são pessoas assim que agem dessa forma aqui.

Bom, este foi meu post de hoje. Espero que tenham gostado
Leia Mais

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Quer fazer, faça direito então.

Olá pessoal. Hoje o post é sobre uma revolta minha.
Acho eu, na minha humilde opinião, que quando nos dispomos a fazer um blog sobre maquiagem, moda, ou seja qual for o assunto, temos que fazer algo direito né.

A pessoa não é obrigada a saber tudo sobre códigos e sei lá mais o que para  deixar o blog moderno (eu sou uma das que pouco sei sobre isso), mas se elas fazem postagem sobre maquiagem, moda, esmalte e etc, elas têm que, no mínimo, entender um pouco do assunto.

Vejo alguns blogs de meninas que querem fazer sucesso nas redes sociais e acham que a melhor forma é fazer sobre o que a maioria está fazendo hoje em dia, que é: maquiagem, moda, esmalte, resenha de produtos e outras coisas sobre beleza.
Aí a tragédia começa a acontecer, porque alguma dessas garotas não sabem nada sobre o assunto e o post acaba ficando feio.

Exemplo: Já vi postagens sobre maquiagens onde a pessoa fazia algo parecido com o que uma criança de 6 anos faria e postam como se fossem uma Alice Salazar da vida. 

Já vi postagem sobre gente que coloca uma bermuda, uma camisa social de homem e escrevem um texto sobre moda como se estivessem arrasando.

Mas o tipo de postagem mal feita que mais me irrita é sobre esmaltes. Já fui visitar blog com o layout lindo, postagem super interessante sobre novos esmaltes, mas na hora que eu via as fotos...nem jesus na causa, pois o esmalte estava borrado, a cutícula estava imensa, a decoração super mal feita...

Gente, por favor né, se é pra fazer, vamos fazer direito.

Eu não posto sobre tutorial de maquiagem porque eu só sei fazer o basicão. Não posto sobre unhas porque não uso esmaltes coloridos, só vermelho, preto e café mesmo.

Vamos fazer algo bonito né. Vamos tirar ou empurrar essas cúticulas, vamos limpar os cantos das unhas antes de bater foto. Vamos fazer um desenho bonitinho. Colocar uma roupa que mostre seu próprio estilo. Vamos tirar mil fotos até achar uma em que a maquiagem ficou legal...

Forçar a barra para tentar ficar famosa não dá certo.


Bem, esta foi minha revolta de hoje. Sei que algumas pessoas vão discordar de mim, afinal pensamos de forma diferente. Só acho que, às vezes, algumas pessoas tentam ser o que não são. Tentam ficar famosas na rede como se isso fosse acabar com a tristeza delas. Como se ser popular fosse acabar com os conflitos internos que ela tem, aí acabam fazendo coisas que não tem prática, que não dominam, e o resultado tende a ficar ruim.

Abaixo exemplos de unhas que eu acho bem feitas e mal feitas:


Unhas bem feitas
Unhas bem feitas
Unha mal feita
Cutícula grande


Unha mal feita
Leia Mais

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Lendo os rótulos

rotulo produtos de beleza monike baylao blog
Olá blogueiras de plantão. Hoje vim dar uma SUPER dica para vocês diminuírem os gastos com produtos que não funcionam.

Quantas vezes gastamos nosso rico dinheirinho com produtos que prometem mas não cumprem? Muitas né.
Mas uma simples mudança de hábito pode nos ajudar, e  muito, a gastar só com o que vale a pena.

Leiam os rótulos!!!!

Isso mesmo! Pegue o produto e veja a sua composição. Por regra ela é ordenada de forma decrescente de concentração, ou seja, os que têm em maior quantidade na fórmula virão em primeiro e os em pouca quantidade virão por último.
Isso vale para cosméticos, alimentos...

Sendo assim se você achou um produto que diz que tem concentrados de óleo de argan, queratina, ou qualquer outra coisa que seja um diferencial do mesmo, mas na sua composição estes itens estão lá para o final, já sabe que na verdade eles estão lá só de enfeite, só pra dizer que estão rsrsrsrsrs.

Agora já sabem né meninas, vamos passar a ficar de olho nas embalagens.

Espero que tenham gostado dessa dica.

Num  próximo post irei explicar para que serve cada um daqueles nomes esquisitos presentes nas composições.

Bjs


Leia Mais

Cor e ton 7.66

Olá pessoal. Este é meu primeiro post sobre coisas que testei e não gostei.

Já faz um tempo que pintos os cabelos de vermelho e quem tem o cabelo dessa cor sabe que nunca estamos satisfeitas e ficamos testando vaaaarios produtos para conseguir chegar no vermelho dos sonhos.
Foi em um desses testes que me dei mal.
Eu só usava a numeração 6.66, mas queria ele num tom mais vivo, então fui testar uma 7.66. Mas como era só um teste e minha cidade quase não tem tintura profissional, comprei uma baratinha: a Cor e Ton. E...me decepcionei

Para começar o cheiro dela é horrível, mas o pior estava por vir. Ao fazer a mistura da tinta com a OX vi que ela tinha um tom de vermelho escuro que caminhava para o marrom. Me assustei com isso, mas pensei: Ah Monike, às vezes no cabelo vai ficar bom né.
Doce ilusão. Lavei, esperei secar e quis me bater ao ver que meu cabelo estava mais escuro de quando eu usava a 6.66.

Antes que digam: tinta nao clareia tinta. Eu esperei o meu cabelo ficar bastante desbotado para pintar e para confirmar usei a mesma uma segunda vez com ox de 40 e continuou a mesma porcaria.
Agora estou aqui esperando o cabelo ficar beeeem desbotado para pintar com uma profissional.

Não tenho fotos do meu cabelo com ela. A tristeza foi tanta que nem quis bater foto rsrsrsrs

Obs: não serei injusta. Apesar de eu não ter gostado, o cabelo fica vermelho no sol. Porém quem gosta de um vermelho mais aberto não vai gostar. Apesar dos pesares ela demora para desbotar.

tintura cor e ton 7.66 nao gostei da cor obtida


Leia Mais

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Tatuagem


quanto vale uma tatuagem?

Olá
Hoje vim falar um pouquinho sobre algo que amo: tatuagens.
Neste post vou relatar como e quando decidi fazê-las, os cuidados que devemos ter ao escolher o stúdio e o profissional, assim como algumas broncas em quem faz tatuagem escondido de pai e mãe na garagem do vizinho.

Minha primeira tatuagem eu já era maior de idade, o dinheiro saiu do meu bolso, dos meses em que economizei o dinheiro que ganhava de tias e da grana que sobrava da facul. Fiz no mesmo studio que meu marido fez as dele, pois já havíamos feito inúmeras pesquisas sobre os stúdios daqui de nossa cidade e avaliado os portfólios dos profissionais, assim como se seus respectivos locais de trabalho atendiam as normas de higiene.
Minha mãe acha feio, mas meu pai gosta e até tem tatuagens. Nenhum dos dois foi contra eu ter feito.

Escolhi como primeiro desenho uma lua com feição de caveira, por eu adorar escuridão e caveiras.
Já a segunda foi feita quando eu ja nao morava com eles e o dinheiro foi fruto do meu emprego. Foi um desenho da morte com foice no pulso esquerdo.

A minha terceira foi de uma caveira com rosas vermelhas. Todas as três foram feitas com o mesmo profissional. Tenho vontade de fazer outras, mas preciso me segurar, senão acabo cobrindo todo o corpo rsrsrsrsrsrs.
  
Mas, afinal, o que é uma tatuagem?

É uma marca, ou desenho, permanente feito no corpo quando se insere pigmento na camada dérmica da pele por meio de rupturas na camada superficial da pele usando-se uma máquina de tatuagem elétrica com agulhas que perfuram a pele rapidamente com movimento para cima e para baixo.


Mas agora vamos para as broncas: 


Em primeiro lugar, não adianta fazer bico que se você for menor de idade, dependente de pai, mãe, tio. avô... você precisará sim da permissão deles para fazer uma tatuagem. Afinal eles pagam suas contas, seus ingressos pra bailes, comida, roupa e etc. Ah mas o bonito quer fazer mesmo assim, pois o amigo dele tatua "muito" e só cobra "30 real" ???

Pois bem meu querido, vou te explicar uma coisa que talvez você não saiba por ter matado as aulas da escola né: 30 "real" seu analfabeto, não pagam tinta de qualidade,  luva, máscara, produtos bactericidas, ambiente climatizado, material descartável e o trabalho do artista.


"Ah tia, mas ele limpa as agulha com álcool"


Aham. Você tiraria sangue com uma enfermeira que usa a mesma agulha em tooodos os pacientes??? Não né, sua mula, pois o medo de pegar uma doença é grande.
Pois o mesmo vale para a tatuagem: Se o cara não descarta o material e não toma os devidos cuidados com higiene, você corre um sério risco de sair de lá com infecções por fungos e bactérias e, no pior dos casos, até AIDS, ok????? Nem falo da hepatite e tétano pois nem devem saber o que é isso.

Sem falar da tatuagem, em quase 98% dos casos,  vai ficar uma merda de tão mal feita que você vai fazer sucesso nas páginas da internet sobre piores tatuagens já vistas.

Mas vamos supor que você é uma pessoa inteligente que quer fazer tudo direitinho né. Então vamos lá para as recomendações básicas:

 • Pesquisar o trabalho dos profissionais. A maioria tem páginas no face onde você poderá analisar o traço, o nível de complexidade que ele alcança e etc.


• Depois você irá analisar o ambiente de trabalho dele: verifique se tem lugar para esterilização, se o ambiente é climatizado, se ele usa mascara, luva... E muito importante: se ele tem licença para trabalhar com isso.


• Não fique procurando por descontos, preços baixos, pois tatuagem é uma arte. Ficará na sua pele a vida toda. Tirá-la custa caro e é doloroso. O barato sai caro hein.


Siga as recomendações do profissional sobre os cuidados com sua tatuagem. Ele sabe o que deve ser feito para o resultado final ficar perfeito.

Abaixo mostro a foto das minhas tatuagens e o link do meu tatuador:

Perfil do meu tatuador

Pagina do stúdio dele (Big Fox Tatto)


tatuagem lua caveira monike

tatuagem caveira morte foice moniketatuagem caveira rosas vermelhas monike


Bjs e até a próxima postagem
Leia Mais

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Gente dramática

post blog monike

Olá pessoal. Hoje minha revolta é com as pessoas dramáticas, Quem me conhece sabe que eu DETESTO gente que faz drama e/ou cara de drama.
Como eu sei que cada pessoa enxerga as coisas de uma forma, definirei um dramático sob o meu ponto de vista:
Em primeiro lugar eu conheço dois tipos:

1° Aquelas que já chegam fazendo aquele olhar de sofredor, de pobre coitado. O "oi, tudo bem?" sempre vem seguido de um "ah menina, não to bem não, sabe o que aconteceu..."
Tudo está ruim, tudo é triste. A vida dessas pessoas é um eterno caos, simplesmente porque não sabem dizer  não, nao sabem ligar o "foda-se". Essas pessoas abaixam para os outros montarem. Se privam de fazer e ser o que querem por causa do dilema de " o que os outros vão pensar".

Ai voce vai lá, dá conselhos, e no outro dia a pessoa está fazendo a mesma coisa.

2° O outro tipo de dramático é aquele que gosta de chamar a atenção. Eles fazem drama porque gostam que as pessoas sintam pena deles. Estranho né? Mas isso acontece muito.

Há uma diferença básica para distinguir o primeiro do segundo. No primeiro tipo a pessoa realmente é sofrida por conta das suas privações e usa você para desabafar os problemas e se sentir melhor. Já neste segundo tipo, a pessoa é feliz. Sorri o dia todo, pula, ri, se diverte, mas basta te encontrar na rua que na hora muda a feição e faz drama.
Outra diferença é que no primeiro caso o dramático é uma pessoa tão boa que vira boba. Já no segundo a pessoa é má e faz drama para chamar a atenção e sair como vítima das histórias.


Sendo do primeiro ou segundo tipo eu fico extremamente irritada. E como sou muito sortuda, quase todo dia encontro pessoas assim.

Bom, esta foi minha revolta de hoje. Bjs

Leia Mais

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Voltei a ser o que nunca devia ter deixado

blog monike vegetariana prato
No período compreendido entre novembro de 2007 e meados de 2012 eu fui vegetariana. Por falta de opção do que me alimentar na faculdade (de período integral) eu comecei a emagrecer. Já sou magra demais, imaginem então como que eu estava. Realmente la não tinha opção direito para mim e em casa todos comiam carne, o que fazia com que na hora das compras se esquecessem de mim. Fora que era super complicado ter que fazer a comida de todos da casa e a minha em separado. E como eu não trabalhava, era injusto eu ficar  exigindo que comprassem as coisas que eu precisava.
Foi assim que eu acabei por me esquecer de todas as causas pelas quais eu lutava. Enfim, voltei a comer carne.
Nao serei hipócrita em dizer que carne não é gostosa, pois é sim, e muito. Infelizmente não sou daquelas pessoas que já nascem com aversão por tal, sempre comi carne, não ligava muito para a carne de boi, porco e peixe, mas a de frango sempre gostei muito.
Bem, vou falar então o porquê de eu ter voltado a ser vegetariana. Talvez nem todos entendem minha explicação, mas vamos lá:

Bem, em dezembro de 2012 eu fui morar com meu marido, me formei na faculdade e logo no inicio de janeiro de 2013 conquistei meu primeiro emprego. Assim pude, finalmente, fazer as compras do meu jeito, almoçar, jantar, tudo na hora que eu quisesse. Pude ter a liberdade que eu  não tinha, pois morar com os pais, com eles te sustentando, faz com que você  mesmo discordando, tenha que seguir as regras dele. Como eu e meu marido pensamos quase que iguais com relação a vida, essa nova rotina foi e é maravilhosa.
Mas voltando ao assunto, um dia eu acordei e meu corpo e alma estavam estranhos. Eles pediam para que eu parasse de comer carne. Parece maluquice falando dessa forma né, mas cada vez que eu ia almoçar, fazer um lanche, eu me sentia culpada, minha alma gritava dentro de mim para eu parar com aquilo. Nao lembro como, mas eu comecei a curtir uma pagina do face que mostrava quais produtos faziam ou não testes em animais e adicionei uma menina vegan no meu face.
Isso foi o bastante para eu relembrar tudo o que estava adormecido em minha mente. Eu via o sofrimento dos animais causados pelas industrias de carne, cosméticos  produtos de limpeza e etc. Via as postagens da tal garota e acabei por adicionar outra pagina de proteção dos animais. Comecei a então pensar seriamente em voltar a ser vegetariana, mas tinha que pensar muito, pois seria uma decisão sem voltas, sem recaídas.
Tentei uma vez e fraquejei na primeira barreira: não ter o que comer na casa dos outros. Fiquei com raiva de mim por isso, então decidi ver dois filmes muito conhecidos sobre o assunto: A carne é fraca e Terráqueos  PRONTO, foi o bastante para minha decisão definitiva e, no dia 07-05-2013, voltei a ser vegetariana.
Claro que esta decisão fará com que eu volte a ouvir piadas, coisas insanas, como que peixe e frango não são e etc. Mas nem ligo, nunca liguei para este tipo de coisa, simplesmente tento esclarecer e, se a pessoa preferir ficar na ignorância, a deixo ficar com seus pensamento malucos.
Não tento convencer ninguém a seguir esta opção.

Acho que cada um faz o que bem entender da vida. Mas, da mesma forma como não imponho, também não quero ficar ouvindo as pessoas tentarem me convencer que devo comer carne.
Enfim, é isso. Sou vegetariana e estou comprando o máximo de coisas que não testam em animais, pois, infelizmente, em minha cidade não temos 100% de opção que não realizem tais testes.
Leia Mais

sexta-feira, 1 de março de 2013

Puxa saco e protegidos



puxa saco blog monike
Olá revoltados e revoltadas de plantão. Andei sumida né, mas é que eu estava com tanto problema, tao estressada que nem tempo pra desabafar aqui no blog eu tinha. Só que agora eu estou de volta e a lista de revoltas está grande hein.

Para resumir o numero de postagens um pouco, eu irei agrupar só neste post duas revoltas: funcionários puxa sacos e funcionários que são protegidos.

Para começar algumas pessoas acham que as duas coisas são iguais, mas eu explico a diferença: ao meu ver uma pessoa pode ser puxa saco de patrão e não usufruir de privilégios por isso, afinal, existem patrões que detestam esse tipo de pessoa. Já os protegidos são aqueles que não precisam puxar o saco, não precisam mostrar serviço, não precisam acatar ordens que mesmo assim continuarão contratados e continuarão tendo razão em qualquer discórdia com outro funcionário da empresa.

Logicamente você  ou alguém próximo a você  tem, em seu ambiente de trabalho, alguém assim. E isso é irritante, não é?

É revoltante você trabalhar corretamente e se ver prejudicado por, mesmo estando certo, ser visto como o errado. É EXTREMAMENTE revoltante não poder realizar a parte que lhe cabe no serviço, o que lhe é de direito fazer, pois o puxa saco e/ou protegido faz.

Se fosse só isso, mas já repararam que quando algo dá errado eles não se lembram de nada. Nossa, bate uma amnésia que PQP, juram de pé junto que não sabem, que não foram avisados do correto a ser feito e você, ah! Você fica lá vendo suas justificativas, vendo suas provas contra o outro escorrerem pelo ralo e o patrão te olhar como quem pensa: como você pode dizer isso deste (a) santo (a)???
Aí minha amiga, meu amigo, você se estressa, seu cabelo cai, a pele fica uma bosta.

É e sabe quando isso vai mudar??? NUNCA. A não ser que você vire o patrão  porque mudar de emprego não resolve o problema.
Por hoje é só.
Leia Mais
Compartilhar
Menu
Postagen Popular

Cadastre seu e-mail

© Maluca Beleza Traduzido Por - Mais Template Designed By Seo Blogger Templates